Footer Home 1
       

Obaluaê/Omulú sobre porque ele foi criado por Iemanjá!

Historia do Orixá Omolu: O Grande Curandeiro

Confira um interessante Itan (lenda) de Obaluaê/Omulú que nos revela porque ele foi abandonado por sua mãe, Nanã, e criado por Iemanjá.

Historia de Omulú

Conforme a mitologia Iorubá, Obaluaê é filho de Nanã (a lama primordial de que foram feitas as cabeças – Ori – humanas) e Oxalá. Tendo Obaluaê nascido cheio de feridas e de chagas pelo corpo, já que Nanã usou um feitiço para seduzir e engravidar de Oxalá.

Ao ver o filho feio e malformado, coberto de varíola, Nanã o abandonou à beira do mar; para que a maré-cheia o levasse. Caranguejos encontraram o bebê e atacaram-no com as pinças, tirando pedaços da sua carne. Quando Obaluaê estava todo ferido e quase morrendo, Iemanjá saiu do mar e o encontrou.

Iemanjá o encontrou muito ferido, quase morto, e, tendo ficado com muita pena, cuidou dele até que ficasse curado.Ela comodou-o numa gruta e passou a cuidar dele, fazendo curativos com folhas de bananeira e alimentando-o com pipoca sem sal nem gordura, até que o bebê se recuperou. Então Iemanjá criou-o como se fosse seu filho.

No entanto, Obaluaiê ficou marcado por cicatrizes em todo o corpo; e eram tão feias que o obrigavam a cobrir-se inteiramente com palhas. Não se via de Obaluaê senão suas pernas e braços, onde não fora tão atingido. Aprendeu com Iemanjá e Oxalá como curar estas graves doenças. Assim cresceu Obaluaê, sempre coberto por palhas, escondendo-se das pessoas, taciturno e compenetrado, sempre sério.

Para ver mais historias como essa veja clique aqui

                   

Mais para Ler

Footer Home 1

Links Úteis

Contato

Copyright © 2021 Aldeia Santa Todos os Direitos Reservados.